CPA Comissão Própria de Avaliação

Constitui-se em Órgão com atribuições de condução dos processos de avaliação internos da Faculdade Itanhaém

 
 

Instituído pela Lei 10.861, de 14 de abril de 2004, o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) fundamenta-se na necessidade de promover a melhoria da qualidade da educação superior por meio do processo de Avaliação Institucional como instrumento norteador das ações e transformações necessárias ao pleno desenvolvimento da Instituição.



É tarefa da CPA (Comissão Própria de Avaliação) coordenar os processos internos de avaliação da Instituição e, de sistematizar e prestar informações solicitadas pelo INEP . A avaliação interna, também denominada de auto-avaliação, tem a função diagnóstica dos processos da Instituição. Esse procedimento permite identificar se as práticas estão alcançando os objetivos propostos, bem como permite a correção de eventuais equívocos.



A Comissão Própria de Avaliação – CPA da Faculdade Itanhaém foi instituída em consonância com essa Lei e, vem desenvolvendo seu projeto de auto-avaliação, organizado em dois grandes focos de ação:



1) O acompanhamento avaliativo das dimensões institucionais
2) A institucionalização de práticas de avaliação, que compreendem o aprimoramento das análises de resultados de avaliação com vistas à orientação de ações gestoras.

O que é

Constitui-se em Órgão Colegiado com atribuições de condução dos processos de avaliação internos da Faculdade Itanhaém, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelos órgãos de regulação da educação superior (MEC, INEP e CONAES).

Ela visa o desenvolvimento de uma cultura avaliativa que atenda a interesses da comunidade, respeitando os objetivos da avaliação formativa e, pretende:

• Produzir conhecimento;>br> • Questionar os sentidos das atividades e finalidades da instituição;
• Identificar as causas de problemas e deficiências;
• Aumentar a consciência pedagógica e capacidade profissional dos docentes e funcionários;
• Fortalecer relações de cooperação entre os atores institucionais;
• Julgar a relevância científica e social das atividades e produtos da instituição;
• Prestar contas à sociedade; • Efetivar a vinculação da Instituição com a comunidade.

Legislação
Portaria nº 821, de 24 de Agosto de 2009 - Define procedimentos para avaliação de Instituições de Educação Superior e Cursos de Graduação no âmbito do 1º Ciclo Avaliativo do SINAES

Portaria nº 1.027, de 15 de maio de 2006 - Dispõe sobre banco de avaliadores do SINAES

Decreto Federal 5.773, de 09 de maio de 2006 - Dispõe sobre o exercício das funções de Regulação, Supervisão e Avaliação de Instituições de Educação Superior e Cursos Superiores de Graduação e Seqüenciais no Sistema Federal de Ensino

Portaria nº 563, de 21 de fevereiro de 2006 - Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação

Portaria MEC nº 300, de 30 de janeiro de 2006 - Aprova o Instrumento de Avaliação Externa

Resolução CONAES Nº 01, de 11 de janeiro de 2005 - Regulamenta os procedimentos de avaliação do SINAES

Portaria nº 2.051, de 9 de julho de 2004 - Dispõe sobre banco de avaliadores do SINAES

Lei federal 10.861 de 14 de abril de 2004 - Instituição do SINAES

Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira

Membros da CPA: Presidente
MARCELO DI ZACRI DE OLIVEIRA

Representantes docentes
ERICA FERREIRA DA CUNHA JORGE
PAULA THAIS RANZANI DE FRANÇA

Representante discente
PHAOLLA PHERCIA PEDRO

Representante da Coordenação
MARCO AURÉLIO GUIMARÃES GONÇALVES

Representantes do corpo técnico-administrativo
THAYNÁ NASCIMENTO MACHADO
SILVIA APARECIDA MARQUES DE REZENDE

Representante da sociedade
DOUGLAS ALBUQUERQUE FERNANDES
INSCREVA-SE